Carta de Alforria concedida pelo Capitão Joaquim José Pereira em 1777

2

21/08/2014 por FG Rincão da Forquilha

Carta de Alforria registrada no livro 2 pags 22v a 23 do 1º Tabelionato de Notas de Lages. A Carta foi concedida inicialmente em 20/02/1772 em Vacaria e confirmada em 20/10/1777 no Tabelionato de Lages. Eis a transcrição da carta de alforria:

Lançamento de uma carta de alforria que me pediu o Capitão Joaquim Jozé Pereira o lanço já neste Livro de Notas cujo o teor é o seguinte:

“Digo eu Joaquim Jozé Pereira que entre os servos que possuo como assim um casal de escravos por nomes Domingos, Florinda que pelos bons serviços que me tem feito, justamente embolsado do seu valor que ao fazer deste recibo na quantia de duzentos e vinte mil réis; os dou desde já por forros e libertos de hoje para sempre, sem que herdeiro ou herdeiros meus alguns possam mudar a dita alforria, ou liberdade em qualquer tempo ou coisa visto ter já recebido o seu valor na sobre dita quantia de duzentos e vinte mil réis e por ser passada esta carta de alforria muito de minha livre vontade e sem constrangimento de pessoa alguma, em razão de todo o sobre dito. Ficam os ditos escravos Domingos, Florinda forros e libertos de hoje e para sempre, digo hoje para todo o sempre. Expresso rogo as justiças de sua majestade de um e outro foro refaçam em tudo cumprir esta carta de alforrria que repasso de minha letra digo que repasso de minha livre vontade tomando se necessário for na minha terça segunda vias, o sobre dito valor, para que com o delegado pio seja o primeiro o que se de cumprimento, me façam contudo cumprir e guardar dando re toda à ajuda, e favor por a sua inteira validade.

E por verdade tudo repassei esta carta por mim somente assinada. Vacaria vinte de fevereiro de mil setecentos setenta e dois anos= Joaquim Jozé Pereira= e não se continha mais nem menos na dita carta de alforria que a que em verdadeiramente a traz a de que do próprio original da qual esta letra com fé confere e não achei coisa que dúvida faça. A qual me reporto, e depois de lançada a entreguei ao Capitão Joaquim Jozé Pereira o seu original e de como o recebeu e assinou. Eu Marcelino Pereira do Lago Tabelião de Notas que a escreveu nesta vila de Nossa Senhora dos Prazeres das Lagens aos vinte dias do mês de outubro de mil setecentos setenta e sete anos.”

No mesmo tabelionato há outra carta de alforria datada de 20/11/1791, alforrriando Joaquim, filho de Florinda e do capitão Joaquim José Pereira. A alforria e reconhecimento de paternidade foi assinada pelo famoso capitão e sua mulher Ana Maria de Santa Rita.

https://pioneirosdaslagens.wordpress.com/2016/10/25/a-alforria-de-joaquim-jose-pereira/

Anúncios

2 pensamentos sobre “Carta de Alforria concedida pelo Capitão Joaquim José Pereira em 1777

  1. […] A carta de alforria concedida em 20/02/1772 a um casal de escravos  em Vacaria e depois ratificada no Tabelionato de Lages em 20/10/1777, quando já era capitão é uma prova de que mantinha negócios nas duas praças ao mesmo tempo. https://pioneirosdaslagens.wordpress.com/2014/08/21/carta-de-alforria-concedida-por-joaquim-jose-pere… […]

    Curtir

  2. […] Em 20/02/1772 o capitão Joaquim José Pereira já havia concedido alforria para a mãe do mulato Joaquim. https://pioneirosdaslagens.wordpress.com/2014/08/21/carta-de-alforria-concedida-por-joaquim-jose-per… […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: